Sobre este blog

Se quisermos que nosso mundo perdure, ele precisa mudar. E os agentes desta mudança somos nós mesmos, cada um fazendo a sua parte. Otto Scharmer, criador da Teoria U, refere-se ao momento que vivemos como a Era da Desestabilização. Desastres climáticos, fundamentalismo, escassez de recursos, desigualdade social, tudo isto pode fazer que a vida no planeta não sobreviva num futuro muito próximo. Ao mesmo tempo, abre campo para infinitas novas possibilidades de transformação, resignificação, renovação e coexistência. Desde 2015 eu venho traduzindo vários materiais muito valiosos relacionados às mudanças que eu quero ver no mundo e aos instrumentos que venho pesquisando que me permitem, e a todos que assim quiserem, agir para fazê-las. Este blog tem por objetivo reunir estes materiais, relacionados a Não-Violência, Comunicação Não-Violenta, as várias vertentes da economia criativa que vêm emergindo como alternativas ao modelo corrente que fomenta a desigualdade e a escassez, as práticas restaurativas, a educação libertária e ao resgate de saberes ancestrais.

Traduzir estes textos também é uma forma de ativismo para mim. Grande parte da produção escrita relevante sobre estes temas ainda é prioritariamente feita fora do Brasil e disponibilizada em inglês. Isto impede que muitas pessoas que gostariam de estudar estes assuntos não tenham acesso a ela. Não sou tradutora profissional, por isso as traduções não têm a qualidade que um profissional daria a elas. Mas elas vêm de um desejo profundo de partilhar os conhecimentos a que tenho acesso e, assim, colocar o meu privilégio de saber inglês a serviço de quem não sabe. Procuro obter autorização dos autores dos textos sempre que possível, ainda que grande parte deles seja disponibilizada em formato Creative Commons. Apesar dos meus cuidados, pode ser que você ache que algo que postei fira leis de direitos autorais. Neste caso, por gentileza, me avise.

Quem sou eu? 

19510189_1180594152085758_1479622635672140389_nedited

Não é muito fácil de me definir. No momento “estou sendo” uma psicoterapeuta gestáltica/sistêmica com um vasto campo de interesses, como, por exemplo, os modos pelos quais podemos coexistir não-violentamente, as artes como ferramentas de mudança social, educação libertária e autônoma, práticas restaurativas na saúde mental, fortalecimento de comunidades e práticas corporais como meios de obter awareness sobre nós mesmos, os outros e nossas relações, assim como as nossas relações com nossos ambientes. Adoro ler, viajar, fazer arte, dançar, cozinhar e estou me iniciando na arte de cultivar minha própria comida.

Desde 2013, faço parte de uma comunidade de aprendizes da Comunicação Não-Violenta, da não-violência e das práticas restaurativas, aprendendo especialmente com a orientação e na companhia de Dominic Barter. Também pesquiso metodologias colaborativas poderosas para projetar transformações pessoais e sociais, como a Teoria U, Dragon Dreaming e Processos Circulares. Além de ouvir pessoas em meu consultório, gosto muito de compartilhar meus percursos de aprendizagem em rodas de conversa, grupos de prática e estudos, oficinas e cursos.  Em 2014 iniciei o projeto Rodas de Empatia, que leva rodas de conversa e escuta a espaços públicos das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Colaborações e sugestões são muito bem vindas. Se você tem material traduzido que gostaria de compartilhar aqui, ou gostaria de ver algum texto que encontrou na internet traduzido, entre em contato através do formulário abaixo.

Em parceria e gratidão,

Angelica Rente

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s